Compre por
Telefone
Principais cidades
4002-1010
Demais cidades
4002-1010 11 4002-1010

Visto Canadense: quais os tipos e como tirar

BlogTransferências Internacionais
4 minutos

Compartilhe:

O Canadá é um país incrível, tanto para visitar quanto para trabalhar e morar.

Considerado por muitos como um dos melhores países do mundo nos quesitos segurança e qualidade de vida, o Canadá é um dos destinos prediletos dos brasileiros que querem mudar de vida.

O visto canadense é a grande chave para aqueles que buscam transformar o sonho em realidade, e, neste artigo, vamos falar um pouco sobre cada um dos vistos para você acertar na escolha antes de viajar.

Então, vamos lá?

Visto de turismo: Categoria V-1

Muito procurado pelos brasileiros, é indicado para aqueles que desejam conhecer o Canadá sem a pretensão de ficar por muito tempo. Ou seja: ele não dá direito a trabalhar nem a estudar no país.

No entanto, apesar das restrições, o visto pode ser solicitado caso você deseje fazer cursos não acadêmicos de até 24 semanas no país.

Visto Canadense: quais os tipos e como tirar

Visto de estudante por até 6 meses: Categoria SX1

Visto exclusivo para quem deseja realizar cursos acadêmicos no Canadá com duração de até 24 semanas. Além da documentação exigida para um visto de turismo, o consulado também solicita uma carta de aceitação escolar, que precisa ser anexada junto a outros documentos.

Visto de estudos: Categoria S1

Visto para estudantes que realizarão programas de curta ou longa duração. Para conseguir esse visto, é necessário ter uma carta de aceitação de alguma escola canadense comprovando o período de estudo. Normalmente, quem tem esse visto pode trabalhar 20 horas semanais, desde que o curso não seja de idiomas.

Visto de trabalho: Categoria W1

É o visto para candidatos que estão indo a trabalho para o Canadá. Vale lembrar que quem for a convite de uma empresa, vai precisar obter um LMIA (Labour Market Impact Assessment), que é um documento formal emitido pelo Human Resources Canada (CHECAR NOME) (órgão público federal semelhante ao Ministério do Trabalho no Brasil).

Visto de negócios: Categoria B1

Visto para todos aqueles que vão participar de congressos, reuniões, eventos ou assuntos relacionados a trabalho. Para solicitar esse visto, é necessário que o viajante possua um convite da empresa no Canadá ou comprovação do evento, como inscrição.

Com o visto em mãos, o requerente poderá entrar e sair do país quantas vezes quiser até que o visto vença.

Electronic Travel Authorization (eTA)

O Eletronic Travel Authorization (eTA) é uma autorização eletrônica para viagens a turismo, negócios e trânsito. Essa autorização é concedida apenas a pessoas que já obtiveram um visto canadense de qualquer categoria nos últimos 10 anos ou para quem tem um visto americano válido.

Visto Canadense: quais os tipos e como tirar

Visto canadense de trânsito: VH-1

Por fim, vai viajar e o seu voo fará conexão ou escala no Canadá? É necessário um visto também. O VH-1 é exigido quando o voo de origem ou de destino a outro país contar com conexão e/ou escala no Canadá por um período inferior a 48 horas. No entanto, se esse período for superior, será necessário o visto de visitante (residente temporário).

Tipos de visto canadense anotados? Então agora é escolher qual mais se encaixa no seu perfil, preparar os documentos e contar com a Cotação para ajudá-lo a garantir o dinheiro para os seus planos no exterior.

São mais de 20 tipos de moeda para facilitar qualquer viagem, e claro que o dólar canadense é uma delas! Clique aqui para comprar dólares canadenses online, em papel-moeda ou cartão de viagem internacional. Você também pode enviar dólar canadense para uma conta no exterior, clicando aqui.

Compre por
Telefone
Principais cidades
4002-1010
Demais cidades
4002-1010 11 4002-1010