Compre por
Telefone
Principais cidades
4002-1010

O que levar em consideração antes de escolher seu próximo destino internacional

BlogViagem

Descubra por que alguns pontos devem ser considerados na escolha do destino e veja dicas de como evitar imprevistos durante o passeio.

6 minutos

Compartilhe:

Está em dúvida sobre o destino da sua viagem internacional de 2021? Algumas coisas precisam ser levadas em consideração no processo de escolha, principalmente em um período tão atípico como o de uma pandemia.

Portanto, neste post você vai entender o que deve ser considerado e também por quê, além de conhecer algumas dicas a respeito da compra de câmbio que podem fazer toda a diferença no seu planejamento.

Considere o objetivo da viagem internacional

A primeira coisa a se considerar na hora de escolher o seu próximo destino internacional é o objetivo da viagem. Afinal, o motivo pelo qual você deseja passar uma temporada fora do país influencia em todo o planejamento.

Alguns dos principais objetivos que levam pessoas a embarcar em uma viagem são:

  • Curtir férias em família;
  • Aproveitar a lua de mel;
  • Praticar esportes radicais;
  • Mergulhar em uma imersão cultural;
  • Viver uma saborosa experiência gastronômica;
  • Explorar paisagens naturais.

Não é preciso dizer que esses são apenas alguns objetivos. Afinal, essa lista seria infinita.

De todo modo, o objetivo da viagem influencia, pois cada lugar tem suas próprias características. Fazer uma viagem de férias em família exige que a escolha o destino considere atividades para as crianças, por exemplo. 

Já uma viagem para vivenciar experiências gastronômicas precisa levar em conta destinos que tenham uma culinária nativa característica, de personalidade.

Tenha um orçamento bem definido

Escolhidos os possíveis destinos de acordo com o objetivo da viagem? Ótimo. Agora, passe para o próximo passo: orçamento.

Para evitar que a viagem internacional se torne um pesadelo, é preciso planejamento. Estratégia. E tudo isso começa pelo orçamento. Portanto, defina o teto máximo de gastos para depois distribuir esse valor entre os principais custos da viagem, como:

  • Passagens aéreas;
  • Hospedagem;
  • Alimentação;
  • Transporte durante a viagem (táxi, ônibus, aluguel de carro);
  • Atrações turísticas imperdíveis;
  • Compras.

Feito isso, é hora de passar para o próximo tópico: câmbio.

Leve em conta o preço do câmbio do país destino

A essa altura você já deve ter considerado possíveis destinos internacionais para a sua viagem e também o orçamento disponível. Agora, é hora de levar em conta o câmbio oficial do país para onde você deseja ir, pois isso impacta diretamente nos gastos.

Veja 4 dicas rápidas que vão te ajudar e evitar ciladas na hora de adquirir câmbio, independentemente da moeda:

  1. Compre moeda estrangeira de forma fracionada e com antecedência, pois dessa maneira você evita gastos exorbitantes na alta e, ainda, aproveita as baixas da moeda.
  1. Conheça as diferentes maneiras de levar o seu dinheiro de acordo com o tipo da viagem. Você sabia que é possível não só levar moeda em espécie como também adquirir um cartão internacional pré-pago ou fazer remessas internacionais para a sua conta no exterior? Cada uma dessas soluções possuem suas peculiaridades, vale a pena conhecer todas elas antes de decidir.
  1. Compre moeda estrangeira somente de instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central a realizar esse tipo de operação. Evite ciladas!
  1. Veja se o país destino aceita dólar ou euro. Em muitos casos, é mais vantajoso financeiramente adquirir essas moedas, cuja demanda costuma ser mais alta, pois o seu preço de compra e venda tende a ser mais competitivo.

Confirme se há necessidade de passaporte e visto

Você sabia que existem destinos internacionais que dispensam a necessidade de visto? Alguns até mesmo de passaporte?

  • Países onde não é exigida a apresentação de passaporte de turistas brasileiros: todos os países que fazem parte do Mercosul: Argentina, Paraguai e Uruguai.
  • Países onde não é exigida a emissão de visto de turistas brasileiros: são vários, dentre eles Bahamas, África do Sul, Peru, Chile, Emirados Árabes Unidos, Tailândia, Portugal e Nova Zelândia.

Isso pode ser bastante vantajoso caso você esteja planejando a sua primeira viagem internacional, pois tanto a emissão do passaporte quanto a solicitação de visto possuem custos. Dessa forma, se não forem necessários, é dinheiro que sobra no bolso.

ATENÇÃO: Esse tipo de dispensa de visto pode alterar a qualquer momento. Portanto, consulte o site do consulado respectivo e confirme a informação antes de planejar a sua viagem.

Verifique se há aumento nos casos de COVID-19

Em tempos de pandemia, é importante considerar também a situação dos casos de COVID-19 no país. Ainda que já haja distribuição de vacinas em diferentes lugares do mundo, o problema ainda existe, o que torna os cuidados essenciais.

Verifique se o destino escolhido está passando por uma fase de aumento de casos. Se sim, é melhor repensar.

Sugestões de destinos para você escolher

Veja algumas ideias de destinos para você e algumas considerações sobre cada um deles.

Bahamas

Se a sua ideia é aproveitar o mar, seja em família ou para aproveitar uma lua de mel inesquecível, Bahamas é uma boa ideia.

Uma consideração sobre Bahamas é que, apesar do país possuir moeda própria, o dólar baamiano, basta levar dólar americano na mala. A moeda é amplamente aceita em todo o país.

Dicas de como evitar imprevistos durante a viagem internacional.

França

Se os planos de viagem internacional envolvem uma imersão cultural e histórica, a França deve estar entre os destinos a serem considerados. Só em Paris, são 110 museus para visitar.

Vale lembrar que o visto é dispensado para brasileiros no caso de viagens com duração de até 90 dias. Maravilha!

Descubra por que alguns pontos devem ser considerados na escolha do destino e veja dicas de como evitar imprevistos durante a viagem internacional.

Tailândia

Praias paradisíacas, gastronomia repleta de cores e sabores, e um povo acolhedor. Ou seja, se o país está entre as suas opções, vá sem medo. E se você quer dois motivos para se convencer, aqui vão eles:

  1. A moeda oficial do país, Baht, é mais desvalorizado do que o real, o que torna a relação de custo e benefício excelente;
  2. Não é necessário visto para brasileiros cuja permanência no país seja de até 90 dias.
Descubra por que alguns pontos devem ser considerados na escolha do destino e veja dicas de como evitar imprevistos durante a viagem internacional.

África do Sul

Que tal embarcar em uma aventura radical para fazer incríveis safáris? A África do Sul oferece isso, além de esportes radicais e muito mais aos seus visitantes. A moeda oficial do país é o Rand e também é dispensado o visto para brasileiros.

Descubra por que alguns pontos devem ser considerados na escolha do destino e veja dicas de como evitar imprevistos durante a viagem internacional.

Nova Zelândia

Um destino deslumbrante para conhecer na Oceania, mas que, no momento, está com restrições severas a respeito da entrada de brasileiros, devido a pandemia do novo coronavírus. Portanto, se a Nova Zelândia é o seu destino dos sonhos, será necessário esperar até que o país afrouxe as restrições vigentes.

Dicas de como evitar imprevistos durante a viagem internacional.

Se você chegou até aqui, certamente as dicas serão úteis durante o planejamento da sua viagem internacional. Portanto, inclua todas elas em seu checklist de viagem e faça um bom passeio!

Compre por
Telefone
Principais cidades
4002-1010