Compre por
Telefone
Principais cidades
4002-1010

Descubra como descontar um cheque internacional

BlogCâmbio

Conheça todas as informações relevantes e atualizadas a respeito de como descontar cheque internacional.

5 minutos

Compartilhe:

Se você recebeu ou está prestes a receber alguma quantia em moeda estrangeira por meio de cheque, mas não faz ideia de como trocar por dinheiro, continue lendo este post.

A seguir, entenda exatamente que procedimento seguir para descontar cheque internacional em segurança aqui no Brasil e esclareça as suas principais dúvidas sobre o assunto.

Descubra como descontar um cheque internacional
Writing a check. Please visit my lightbox for more similar photos

O que é e como funciona um cheque internacional?

Primeiro é preciso deixar claro que um cheque internacional funciona da mesma forma que um cheque tradicional, emitido por qualquer banco nacional. Ou seja, trata-se de uma ordem de pagamento à vista que serve para enviar dinheiro direto da conta do banco emissor a uma outra pessoa. Um terceiro.

Quem recebe o cheque, podemos chamar aqui de destinatário ou beneficiário, precisa se dirigir ao banco emissor e fazer o saque mediante a apresentação ou depósito da folha de cheque recebida.

A diferença entre um cheque nacional, tradicional, e um cheque internacional fica por conta desse último ter sido emitido por um banco emissor de fora do Brasil, em moeda estrangeira. Dessa forma, para descontar cheque internacional é necessário se dirigir a uma instituição financeira habilitada a realizar esse tipo de operação, como é a Cotação. 

Como descontar cheque internacional no Brasil?

Cheque em mãos? Agora, basta seguir as instruções para descontar cheque internacional com a Cotação:

1) Entre em contato com a Cotação pessoalmente visitando a loja mais próxima de você — existem unidades por todo o Brasil — ou ligue em um dos telefones (WhatsApp disponível para oferecer praticidade a todos os clientes);

2) Verifique todos os prazos para pagamento de acordo com o valor a ser descontado do seu cheque;

3) Forneça todos os dados necessários, apresente o cheque e aguarde o valor ser depositado em reais direto na conta informada.

Vale lembrar que a operação depende de análise prévia para ser efetivada. 

O que significa análise prévia?

Para oferecer ainda mais segurança a essa operação, todos os cheques internacionais estão sujeitos a uma análise prévia na Cotação. Nessa análise, um dos especialistas da equipe solicita dados de origem, comprovação de recursos e alguns dos documentos pessoais do beneficiário, a fim de certificar a procedência da ordem de pagamento. 

O tempo da análise pode variar de acordo com o valor a ser descontado. Portanto, informe-se com um dos especialistas da Cotação para saber quanto tempo a análise do seu cheque pode levar. Em geral, trata-se de um processo ágil.

Quanto tempo leva para o dinheiro cair na conta? 

O prazo entre a solicitação da venda do cheque até a conclusão da operação, quando o montante é creditado na conta, depende do valor a ser disponibilizado.

Após fornecimento de todos os dados necessários, cheques de até 1500 dólares, ou valor equivalente em outra moeda, podem ser liberados na hora de acordo com a legislação brasileira. Contudo, valores acima de 1500 dólares podem levar até 45 dias.

Em todo caso, consulte sobre os prazos com um dos especialistas da Cotação para obter informações específicas a respeito da sua situação.

Qual o câmbio utilizado para descontar cheque internacional?

O câmbio da operação é o turismo. Ou seja, o câmbio comercial com acréscimo de custos operacionais — distribuição, armazenamento de papel moeda, entre outros.

Para entender melhor as diferenças entre câmbio comercial e câmbio turismo, confira este post do blog da Cotação: Qual é a diferença entre dólar turismo e dólar comercial?

Quais são os casos em que o cheque internacional é emitido?

Um cheque internacional pode ser emitido sempre que uma pessoa deseja transferir determinada quantia de dinheiro a outra por meio de ordem de pagamento. No entanto, existem algumas situações em que esse meio de pagamento é mais comum, são eles:

  • Pensões;
  • Dividendos;
  • Aposentadoria;
  • Restituição de Impostos;
  • Comissões;
  • Cheques de serviços;
  • Indenização;
  • ou outras naturezas.

Portanto, se você está prestes a receber ou enviar dinheiro para o exterior referente a qualquer um desses casos, há chances de o pagamento ser feito mediante cheque internacional.

É possível emitir cheque internacional para pagamentos no exterior?

Assim como é possível receber cheque internacional, você também pode se valer dessa solução para pagamento de débitos no exterior. No entanto, essa não é a forma mais prática e nem mais econômica de envio de dinheiro para fora do país. 

Nesse caso, a Cotação dispõe da solução de remessa expressa, serviço de envio de valores que garante crédito na conta do beneficiário em até 1 dia útil. 

Além da rapidez, a remessa expressa é também econômica, oferecendo economia de até 7% em comparação ao mesmo serviço oferecido por bancos tradicionais, e tarifa zero para operações feitas em dólar ou euro por pessoa física.

Esclarecidas todas as dúvidas sobre como descontar cheque internacional, acesse o blog da Cotação para conferir conteúdo relevante a respeito de soluções de câmbio, viagens internacionais e muito mais.

Compre por
Telefone
Principais cidades
4002-1010